Ajuda


Meia-entrada


Documentos que comprovem o direito ao benefício podem ser solicitados no momento da compra, retirada na bilheteria e no acesso ao evento. O cliente que não apresentar documentação válida não terá direito a reembolso do valor pago pelo ingresso ou qualquer tipo de ressarcimento ou compensação.

Em respeito ao Decreto Federal 8.537 de 2015, a concessão do benefício da meia-entrada aos beneficiários fica assegurada em 40% do total de ingressos disponíveis para venda ao público em geral.


LEIS FEDERAIS


Estudantes de ensino fundamental, médio e superior (Decreto Federal 8.537 de 2015): mediante apresentação de carteira de identificação estudantil nos termos da legislação em vigor.


Idosos a partir de 60 anos (Lei Federal 10.741 de 2003): mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.


Jovens de 15 a 29 anos pertencentes a famílias de baixa renda inscritas no CadÚnico (Decreto Federal 8.537 de 2015): mediante apresentação de Identidade Jovem acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

Pessoas com deficiência e acompanhante quando necessário (Decreto Federal 8.537 de 2015): mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da pessoa com deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que ateste a aposentadoria da pessoa por deficiência, acompanhado de documento de identidade oficial com foto.

 

LEIS RIO DE JANEIRO - RJ


Jovens de até 21 anos (Lei Estadual 3.364 de 2000): mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.


Professores e profissionais da rede pública municipal da cidade do Rio de Janeiro (Leis Municipais 3.424 de 2002 e 5.844 de 2015): mediante apresentação da carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação.

 

LEIS NITERÓI – RJ:

 

Jovens de até 21 anos (Lei Estadual 3.364 de 2000): mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
 

Doadores Regulares de Sangue (Lei Municipal 2.871 de 2011): são considerados doadores voluntários e regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue dos hospitais do Município ou outro credenciado pela Fundação Municipal de Saúde de Niterói e que façam doação pelo menos duas vezes por ano.

  

LEIS SÃO PAULO – SP

 

Diretores, coordenadores pedagógicos, supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas das redes públicas estadual e municipais de ensino (Lei Estadual 15.298 de 2014): carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação ou pela apresentação do holerite do servidor.

 

Professores da rede pública estadual de ensino de São Paulo (Lei Estadual 14.729 de 2012): mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação, ou pela apresentação do respectivo holerite.

 

Estudantes da Educação básica (ensinos fundamental e médio), educação de jovens e adultos (ensinos fundamental e médio), educação profissional (básico técnico), cursos pré-vestibulares e educação superior (cursos tecnológicos, sequenciais de graduação e pós-graduação), regularmente matriculados em estabelecimentos de ensino público ou privado, oficialmente reconhecido (Lei Municipal 13.715 de 2004): mediante apresentação do documento de identificação estudantil expedido pela UNE ou pela UMES/SP.

 

Aposentados - Lei Municipal SP nº 12.325/1997: Apresentar documento de identidade oficial com foto e cartão de benefício do INSS que comprove a condição. 

 

LEIS FORTALEZA – CE

 

Professores da Rede Pública de Ensino de Fortaleza (Lei Municipal 9.214 de 2007): mediante apresentação da carteira funcional emitida pelo Sindicato dos Educadores.

 

Doadores Regulares de Sangue (Lei Estadual 13.249 de 2002): mediante apresentação do documento oficial válido, expedido por banco de sangue. São considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue dos hospitais do Estado do Ceará.

 

LEIS JAGUARUANA – CE

 

Músicos integrantes das bandas e escolas de música municipais (Lei 676 de 2016): direito concedido aos músicos regularmente matriculados em associações de classes mediante apresentação da Carteira de Identificação de músico associado, emitida pela Associação dos músicos de Jaguaruana e convalidada pela Secretaria de Cultura do Município. A carteira deve possuir prazo de validade renovável a cada ano. 

 

LEIS BRASÍLIA – DF 

 

Professores, pedagogos, orientadores educacionais e servidores da carreira Assistência à Educação do sistema de ensino do Distrito Federal (Lei 5.580 de 2016): Aplica-se a todos os profissionais das redes pública e particular do Distrito Federal em exercício ou aposentado. Mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria de Educação ou holerite, além de documento de identidade oficial com foto. 

 

LEIS VITÓRIA – ES

 

 

Doadores Regulares de Sangue (Lei Estadual 7.737 de 2004): mediante apresentação da Carteirinha expedida pela Secretaria de Estado da Saúde. São considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados no hemocentro e nos bancos de sangue dos hospitais do Estado do Espírito Santo.

 

Professores do Sistema de Ensino do Município de Vitória (Lei Municipal 8.282 de 2012): mediante apresentação do contra cheque, juntamente com a carteira de identidade.

 

Jornalistas e Radialistas (Lei Municipal 6.217 de 2004): mediante apresentação da Carteirinha de registro profissional emitida pelo Sindicato.

 

LEIS VILHA VELHA – ES

 

Professores efetivos e contratados da rede pública municipal de ensino (Lei 5546 de 2014): mediante apresentação da carteira funcional emitida anualmente pela Secretaria Municipal de Educação ou contracheque emitido até três meses antes do espetáculo ou evento, acompanhado de documento oficial de identificação com foto;

 

Professores da educação infantil e do ensino fundamental da rede privada de ensino no Município (Lei 5546 de 2014): mediante apresentação de contracheque emitido até três meses antes do espetáculo ou evento, acompanhado de documento oficial de identificação com foto;

 

Doadores regulares de sangue e doadores de órgão e/ou tecido humano para reposição em pessoa portadora de doença crônica (Lei 5546 de 2014): mediante a apresentação de documento expedido, conforme o caso, por hemocentro, instituição oficial de saúde ou entidade receptora credenciada pela União, por Estado ou pelo Distrito Federal, ou por Município, que comprove a qualidade de doador de sangue e/ou tecido humano, juntamente com documento oficial de identificação.

 

Servidores públicos municipais efetivos, contratados e comissionados (Lei 5546 de 2014): mediante apresentação de contracheque impresso ou digital emitido até três meses antes do espetáculo ou evento, acompanhado de documento oficial de identificação com foto.

 

Policiais Militares, Policiais Civis, Bombeiros Militares, Guardas Civis Municipais, Agentes de Trânsito e Agentes Penitenciários (Lei 5.995 de 2018): mediante a apresentação da identidade funcional. 

 

LEIS GOIÂNIA – GO

 

Professores das Redes Públicas Estadual e Municipal de ensino (Lei 17.396 de 2011): mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação, ou holerite acompanhado de documento oficial com foto.

 

Doadores Regulares de Sangue – no município de Goiânia (Lei Municipal 8.558 de 2007): mediante apresentação do documento de identidade expedido pela Secretaria Municipal de Saúde / banco de sangue.

 

LEIS BELO HORIZONTE – MG 

 

Menores de 21 anos (Lei Municipal 9.070 de 2005): mediante apresentação do documento de identidade oficial com foto.

 

LEIS JOÃO PESSOA – PB

 

Menores de 12 anos de idade (Lei 9.877 de 2012): mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

 

Professores de todos os níveis de ensino (Lei Municipal 13.297 de 2016): mediante comprovante de habilitação do professor junto aos órgãos oficias, vedada a exigência de contracheques e comprovação de contrato de trabalho.

  

LEIS PORTO ALEGRE – RS

 

Jovens com até 15 anos (Lei Estadual 14.612 de 2014): mediante apresentação do documento de identidade oficial com foto.

 

Doadores de Sangue (Lei Estadual 13.891 de 2012): são considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos hemocentros e bancos de sangue do Estado do Rio Grande do Sul, identificados por documento oficial, expedido por aquela entidade. *Define-se como doador regular de sangue a mulher que se submete à coleta de sangue no mínimo duas vezes ao ano, e o homem que se submete à coleta três vezes ao ano, devendo a carteira de identificação ter validade anual*.

 

Aposentados e pensionistas do INSS (Lei Municipal 7.366 de 1993): a meia-entrada será concedida apenas os que recebem até três salários mínimos por mês. Deverá apresentar documento fornecido pela Federação dos Aposentados e Pensionistas do Estado do Rio Grande do Sul ou outras Associações da Classe, devidamente registradas ou filiadas à citada Federação.

  

E-ticket

 
Você deve escolher a forma de entrega “E-ticket” ao fazer sua compra.

 

Acesse o histórico de compras para imprimir seu e-ticket e dirija-se diretamente para o acesso do evento. Para acessar seu histórico de compras, basta acessar a página inicial da Tudus e seguir o passo-a-passo:

 

> Clique na imagem do evento
> Selecione uma data
> Clique em ENTRAR (canto superior direito)
> Entre com seu e-mail e senha
> Clique em COMPRAS (canto superior direito)
> Clique em DETALHES

 

Retirada na bilheteria


Você deve escolher a forma de entrega “Retirada na Bilheteria” ao fazer sua compra.


A retirada dos ingressos deve ser feita pelo titular do cadastro no site apresentando os seguintes documentos:

- Cartão de crédito utilizado na compra;
- Documento oficial com foto do titular do cadastro no site;
- Documentos de comprovação de meia-entrada ou outros descontos adquiridos.

- Voucher de retirada na bilheteria disponível no histórico de compras.

Caso a retirada não seja feita pelo titular do cadastro no site, além dos documentos acima, também devem ser apresentados:

- Termo "Retirada por terceiros", disponível no rodapé da página de compra do evento, preenchido e assinado pelo titular do cadastro;
- Documento oficial com foto da pessoa autorizada a retirar.
 

Se os ingressos não puderem ser retirados por falta de apresentação de documentos, não haverá reembolso do valor pago pelo ingresso ou qualquer tipo de ressarcimento ou compensação

 

Confirmação de compra

 

Ao comprar na Tudus, sua compra fica sujeita a um processo de análise de segurança. Em caso de divergência na confirmação dos dados, seu pagamento será estornado e o pedido invalidado.

 

Você deve acessar seu histórico de compras para confirmar se sua compra foi concluída ou não.

 

Histórico de compras


Para obter informações sobre suas compras, você pode acessar seu histórico de compras. Basta acessar a página inicial da Tudus e seguir o passo-a-passo:

> Clique na imagem de um evento
>  Selecione uma data
>  Clique em ENTRAR (canto superior direito)
>  Entre com seu e-mail e senha
>  Clique em COMPRAS (canto superior direito)
>  Clique em DETALHES

Não consigo acessar meu cadastro


Basta acessar a página inicial da Tudus e seguir o passo-a-passo:

 

> Clique na imagem de um evento
> Clique em uma data do evento
> Clique em ENTRAR (canto superior direito)

 

Caso você receba a mensagem "Captcha Inválido", significa que você não clicou em "Não sou um robô".

 

Caso você receba a mensagem: "Email ou senha inválidos", na mesma tela clique em "Esqueci meu-email" e digite seu CPF para conferir se está entrando com o email correto. Depois clique em "Esqueci minha senha" e digite seu email para receber por email instruções para redefinir a senha.

 

Caso continue sem acesso, por favor entre em contato com nosso atendimento informando seus dados (nome completo, email e CPF). Explique em qual etapa você não consegue prosseguir e se aparece alguma mensagem de erro. Você também pode anexar capturas de tela ou fotos para agilizar a resposta.

 

Moro em outro país. Como posso comprar? / I live in another country. How can I buy my ticket?


Entre em contato através do formulário: https://atendimento.tudus.com.br/hc/pt-br/requests/new

 

Fill in the form and send us a message: https://atendimento.tudus.com.br/hc/pt-br/requests/new

 

Troca e cancelamento


Após o registro do pedido, não é possível alterar o tipo do ingresso, sessão, setor, assento, evento, forma de entrega ou qualquer outra informação.

 

Para compras feitas pelo site, você pode cancelar seu pedido em até 7 dias corridos pelo histórico de compras. Faltando 2 dias para a sessão, não é mais possível fazer cancelamentos. Os ingressos cancelados são automaticamente recolocados à venda.

 

Não é possível fazer cancelamento parcial da compra. Todos os ingressos comprados no mesmo pagamento serão cancelados juntos.

 

O estorno ocorre em até 2 ciclos de faturas, dependendo da data de vencimento da fatura e do tempo de processamento do banco.

 

Meu ingresso foi perdido/roubado


A Tudus não se responsabiliza por ingressos extraviados, perdidos ou roubados após a entrega já ter sido efetuada, seja por entrega em casa, retirada na bilheteria ou por compra na bilheteria.


Title

Message